26 de janeiro de 2010

Hoje sinto
Absinto

Abstenho-me a falar enquanto me levo baixo em novas canções
Absinto

Tenho prazer em amordaçar toda sua madrugada
Em experimentar estruturas...

São, inclusive, o provável

Vou provar que sinto
Absinto

Um certo dia, me explicaram que o tempo não pode apenas levar tempo