9 de fevereiro de 2007

Luto

Por João Hélio Fernandes, uma criança inocente.

http://jc.uol.com.br/2007/02/08/not_131803.php

Na minha vã concepção, sem compreender as razões que levam a uma coisa destas, só me resta chorar um pouco.

Vá em paz menino.
A tua inocência custou lágrimas aos que ficaram,
mas é um preço baixo em comparação ao paraíso que te é destinado.


Ninguém mereçe um mundo desse.

Ou, lembrando dos que fizeram isso, talvez alguns mereçam.
Vai saber.

O João já sabe.

6 de fevereiro de 2007

Ainda faltam posts

Posé, continuo curtindo umas "férias". Quando recomeçarem as aulas tentarei voltar com fotos, poemas e algumas porcarias a mais de sempre. Se é que alguém ainda acessa essa porcaria intergaláctica virada do avesso ao contrário.