31 de janeiro de 2006

Levantei em segredo...

...só pra ver a noite continuar a inspirar meu sono...


Ps: Ao Alto comando terráqueo, Base "Casa do Pi": Msg codificada:: {// Aguardando resgate eminente, instruções recebidas e confirmadas. Confirmação para resposta codinome "Hora de acordar". Retorno imediato após embarque em segurança no destróier resgate "Engov XI".

30 de janeiro de 2006

o dia seguinte...

... fomos derrotados. O inimigo nos superou em número e em ânimo. É vergonhoso reconhecer isso, mas a verdade deve ser dita... O tenente Funk não se apresentou para combater o inimigo... e o resto da unidade ficou perdida. A operação foi um desastre. Mas não há de ser problemático... ainda daremos a volta por cima e venceremos a guerra. Foi apenas mais uma batalha...

Cpt Luiz Freitas
Campo de prisioneiros do Planeta Ressaca III

Ps: Eita festa, alguém anotou a placa do camarão gigante?
Pss: Agora uma semana sem um real no bolso. HAIEhiUAEHi
Psss: Planta e Raiz tocou um Beatles, isso mesmo, um Beatles. Fiquei emocionado. A música ficou ótima.

29 de janeiro de 2006

Diário de bordo...

...do cruzador estelar S.S. Asdrubal IV, data cósmica de 29012006, quadrante beta do sistema de Imbéh-Tubbah, perto da academia corpo e arte. Seguem detalhes da situação descritos pelo Capt Luiz Freitas.

" Nem tudo está perdido, ontem na batalha contra o inimigo, conseguimos abater mais de 15 de seus robôs mais perigosos, as temiveis Brah-Mahs, mas mesmo assim fomos obrigados a bater em retirada. O prognóstico para o dia de hoje é favoravel, tem que ser, pois não teremos outra chance de vitória. A armada inimiga está nos esperando. Forte. Convicta. Quase invencível. Mas tenho fé que a unidade Ghambiarra do exército terrestre poderá inflingir uma derrota vergonhosa contra os maléficos e perigosos inimigos. Temos notícias de que mais de 30 robos Brah-Mahs foram enviados contra nós, assim como outras armar poderosas, inclusive uma desconhecida, que ao que parece tem como combustível uma mistura uma substância denominada limão, com outra chamada de açucar, assim como outras coisas. Já deixei de sobreaviso o tenente Funk Bhudda, para continuar vigiando os perigosos e traiçoeiros Dreher, que podem voltar a atacar a qualquer momento. Assim estamos preparados para a batalha. Junto com esse corajoso oficial, mais os Imediatos Jabuti e Hazard, que formam a Unidade de elite Ghambiarra, faremos os inimigos se renderem assim nunca mais ousarão desafiar o poderio terráqueo."


Capitão Luiz Freitas
Comandante da unidade Ghambiarra



Ps: Quanta imaginação meu Deus

27 de janeiro de 2006

O que eu faço??


Bom, já que não tinha nada novo pra postar, roubei de mim mesmo esse post (do meu antigo flog) e postá-lo-ei (adoro mesóclises) aqui. Faz tempo que eu escrevi esse poema (02/09/2005), mas ainda assim pode ser atual pra muita gente. =P

AH, se tu me desse uma luz
se eu soubesse que posso sonhar
com a tua presença
porque eu também figuro no teu sonho
Ah, se tu me desse esse coração
pra me tranquilizar
e deixar que esse veneno corra pra fora

AH, seu tu sentisse o meu pecado
se eu dividisse esse dom
com a tua presença
porque queria respirar o teu sonho
Ah, se tu provasse do que posso
pra me ver amar
e ficar com o seu destino agora

AH, se não fosse tão difícil
se eu soubesse o certo
pra ficar
com a tua presença
não tomaria atitudes levianas
não ficaria apenas com lembranças
só respiraria o mesmo ar
me tranquilizava
botaria o veneno pra fora
ia morar nos sonhos

AH, se eu soubesse
guardaria teu coração junto ao meu

teria feito acreditar
mas quem é que sabe?

26 de janeiro de 2006

Festa do camarão


Fazendo literalmente um solo com o Peter na casa do Vitor (riba)... fotinho velha mas eu gosto dela.
Hoje começa a festa do camarão, festa do camarão sem camarão, mas beleza.... vou trabalhar na balança do granel até as 07:00, mas meu pai me garantiu que no rappa ele vai trampar pra mim, então beleza... HAIUEhiuHEiu.

Poetar
é ter as mãos
as mãos

e sentir-se único
na suprema ira
de se querer

um



Luiz de Freitas

25 de janeiro de 2006

Eternidade

Eternidade é o balanço da fada
que surfa desenhando
nas petalas de rosa
que enfeitam os vitrais
das modelos de alegria

É o pouso de descanso
das embalagens de remédio
das façanhas isoladas
dos que buscam afirmação
dos retratos mais felizes

É o antígeno recomeço
É a espera conformada
É o satélite estacionado
É a nova vida passageira

É o caos descontrolado
É como chamam a flor da fada
É a eternidade

24 de janeiro de 2006

Manhã Cinzenta

Cai!!
Pode cair

Pode desabar seu mundo sobre minha cabeça

Forçar meus olhos a se fecharem
Fazer com que fiquem molhados

Corre!!
Pode correr

Não consigo seguir seus passos

Espionar pra onde tu vai
Escapar pro teu destino

Onde você estava quando queria cantar contigo?
Dividiria meus cristais passeando contigo...

Agora me vens suave, forte e precisa...

como um poema de manhã cinzenta... Fraca é a nota que dá o tom ao sentimento...

Mesmo assim me acompanha...

Cai...
Corre...

És Chuva

23 de janeiro de 2006

Tem alguém lendo isso?

"Podemos escolher o que semear, mas somos obrigados a colher aquilo que plantamos"

Provérbio Chinês. (acho eu)

20 de janeiro de 2006

Da série: "Pedidos de mesa de bar."

-- Garçon, Me vê um pinho-sol com gelo, um jornal de ontem e um palito de dente, usado. (sic. Edi Michael e um monte de gauchos)

Incrível isso não?

Pensamento filosófico do dia:

Fiquei reflexivo, pensando em como as areias do tempo cobrem rápido o passado e apagam suas marcas...

18 de janeiro de 2006

AAAAAAAHHHHHHH

Chuva, chuva e mais chuva!!! Não aguento mais, ainda por cima, hoje de manhã eu tive que trabalhar, bem legal trampar no contâiner na chuva, com aquela prancheta e milhares de listas e diagramas e mais uma porrada de detalhes. Quero ver quem diz que eu sou vadio agora.

17 de janeiro de 2006

Bom...

As coisas continuam as mesmas e mudam o tempo todo. Caralho!! Deus é bom comigo!! Quando eu pensava que estava tudo perdido, que eu ia ficar milênios na merda ele vem e me prova o contrário. Valeu véio, mostrasse pra uma alma que a vida vale a pena de ser vivida. e o melhor, mostrasse que ela vale a pena do jeitinho que eu sempre gostei... Nunca mais penso em mudar....

16 de janeiro de 2006

As pessoas...

Eu não entendo algumas atitudes que as pessoas tomam de vez em quando. Pra que procurar uma inimizade? Pra que fazer as pessoas ficarem com raiva se outros caminhoa muito mais dignos podem ser tomados? Pra que mentir? Realmente não endendo, mas tudo bem, porque esse problema não é meu, uma vez que eu procuro sempre agir com dignidade e respeito para com os outros. Assim eu consigo ficar cada dia um pouco melhor. Quem não tem respeito por mim não terá o meu respeito, assim como não terá minha amizade ou a minha consideração.

14 de janeiro de 2006

Estou vivo

e nem sei como...

13 de janeiro de 2006

Sexta feira 13

Hoje é o dia da bruxa. Incrível a quantidade de coisas que aconteceram. Algumas não precisam contar aqui por serem de carater pessoal (escrevendo bonito hoje, notaram?), mas por exemplo:

--Após a meia-noite, quando virou sexta feira 13, queimou o fuzivel da caixa de som, isso significou o fim do show no Da villa surf bar.
-- Não deu um solzão hoje, coisa que estava acontecendo com frequência
-- Eu vou numa rave

Essa rave vai ser o fókiu. Quero ver como sobreviverei.

12 de janeiro de 2006

Belo dia


E eu sem nada pra postar, e o pior, sem inspiração pra inventar alguma coisa, então vou me plagiar e copiar um post antigo do meu flog. =P

e do primeiro
é o verso do ultimo
o profundo da noite trancorre
nada de novo no front
o dia que chega
charmosa manhã
a outra princesa

Te vejo enfim
espero que goste
como o ar
gosta da tua beleza

no ultimo poema
desta noite finda

...me leva pra casa...

10 de janeiro de 2006

Eita!!



Me apaixonei. O nome dela é Huang Sheng Yi, mas como ela deve morar na China acho difícil esse relacionamento dar certo. Vou aproveitar que o meu tio vai viajar pra China esse ano numa comitiva politica (serio gente) e pedir pra ela me trazer essa menina. IHAUEhuihEI

9 de janeiro de 2006

Correndo atrás das borboletas...

Com o tempo, você vai percebendo que para ser feliz com uma outra pessoa, você precisa, em primeiro lugar, não precisar dela.
Percebe também que aquela pessoa que você ama (ou acha que te ama) e que não quer nada com você, definitivamente, não é a pessoa da sua vida.
Você aprende a gostar de você, a cuidar de você e, principalmente, a gostar de quem também gosta de você. O segredo é não correr atrás das borboletas...É cuidar do jardim para que elas venham até você.
No final das contas, você vai achar não quem você estava procurando, mas quem estava procurando por você!

(Mário Quintana)

8 de janeiro de 2006

Hum....


Eu quero um amor tranquilo
sossegado

que abra as portas empoeiradas
daquele sentimento vencido

e o deixe correr novamente

Eu quero um amor ousado
forte

que sobreviva às adversidades
das almas frias, fracas e jovens

Eu quero um amor verdadeiro
mútuo

que se entregue aos medos incertos
do futuro que nada conta

Eu só quero um amor

6 de janeiro de 2006

Ahhh que vida...

Altus sol no canto da praia da villa, cerveja beeeem gelada, e mulheres seminuas. O que eu mais quer??

3 de janeiro de 2006

Não conheço quem fez, mas concordo com isso:

Eu desejo primeiro que você ame.
E que amando também seja amado,
E que se não for, que seja breve em esquecer
E que esquecendo, não guarde mágoa nem rancor.

Eu desejo que nem seja assim,
Mas que, se for, que possa ser sem se desesperar.
Eu desejo também que você tenha amigos.
E que mesmo maus e inconseqüentes,
Eles sejam corajosos e fiéis,
E que em pelo menos um deles você possa confiar sem duvidar.

E porque a vida é assim, eu desejo também que você tenha inimigos.
Nem muitos, nem poucos, mas na medida exata para que, algumas vezes,
Você se questione a respeito das suas próprias certezas.
E que dentre eles, haja pelo menos um que seja muito justo,
Para que você lamente essa inimizade.

Eu desejo, além disso, que você tenha dinheiro,
Porque é preciso ser prático.
Mas que uma vez por ano você possa o encarar e dizer"Isso é meu",
Para ficar bem claro quem é o dono de quem.

Eu desejo que você seja útil, mas nunca insubstituível.
E que nos maus momentos, quando parecer não restar mais nada,
Essa utilidade seja o suficiente pra manter você.
De pé.

Da mesma forma, eu desejo que você seja tolerante,
Mas não com os que erram pouco, porque isso é fácil,
E sim com os que erram muito e irreparavelmente.
E fazendo bom uso dessa tolerância, que sirva de exemplo aos outros.

Eu desejo que você, se for jovem, não amadureça depressa demais.
E se for maduro, não insista em rejuvenescer,
Porque cada idade tem o seu prazer e a sua dor.
É necessário senti-los passar por nós.

Eu desejo ainda que você seja triste, não o tempo todo, apenas um dia.
Mas que nesse dia descubra que o riso diário é bom,
O riso habitual é insosso e o riso constante é insano.

Com a maior urgência
Eu desejo que você descubra que,
Apesar de tudo e à sua volta,
Existem oprimidos, injustiçados e infelizes.
Eu desejo que você acaricie um gato,
Alimente um pássaro
E ouça o bem-te-vi erguer triunfante seu canto matinal.
Porque, dessa maneira, você vai se sentir bem por nada.

Eu desejo também que você plante uma semente,
Por menor que seja,
E acompanhe o seu crescimento.A
ssim você saberá de quantas vidas é feita uma única árvore.

Eu desejo ainda que nenhum de seus afetos morra.
Mas quando isso acontecer,
Que você possa chorar sem se lamentar
E sofrer sem se culpar.
Eu desejo, por último, que você sendo um homem, tenha uma boa mulher,
E que sendo mulher, tenha um bom homemE
que se amem hoje, amanhã e no dia seguinte. E quando estiverem exaustos e sorridentes,
Que ainda exista amor para recomeçar.
E se tudo isso acontecer,
Eu não tenho nada mais a desejar.

("Votos", de S. Jockman)

1 de janeiro de 2006

Feliz ano novo

Enfim... ano novo, vida velha... Acabaram-se as férias da internet, mas as outras continuam. Contei finalmente pra minha familia que troquei de curso, agora eu não vejo a hora de começarem as aulas, ainda vai demorar... No mais estamos ae, algumas coisas muito boas, outras coisas muito ruins, mas é normal, não me3 preocupo mais com isso, se eu acho que tá ruim pra mim, eu só olho em volta, tem sempre alguém pior... é isso ae, vou tomar água que a festa ontem foi fdogo.